Dia Mundial da Saúde Sexual: a importância da prevenção e o prazer – 04/09/2019

O 4 de setembro é comemorado o Dia Mundial da Saúde Sexual, conforme estipula a Associação Mundial para a Saúde Sexual (WAS).


Neste quadro, a Sociedade brasileira de Sexualidade Humana aproveita a ocasião para conscientizar sobre os direitos sexuais das pessoas e lembrar que a sexualidade é fundamental para viver uma saúde plena.


A Organização Mundial da Saúde (OMS) define a saúde sexual como um estado de completo bem-estar físico, emocional, mental e social em relação à sexualidade, não é apenas a ausência de doença, disfunção ou desconforto.


A saúde sexual requer uma abordagem positiva e respeitosa para com a sexualidade e as relações, assim como a possibilidade de ter experiências prazerosas e seguras, livres de coerção, discriminação e violência. Para que se crie e mantenha -, os direitos sexuais de todas as pessoas, devem ser respeitados, protegidos e cumpridos.


A importância de promover o gozo


“Apreciar a sexualidade é fundamental para obter uma qualidade de vida melhor e se desenvolver como indivíduo feliz e bem sucedido em nossa sociedade“, diz Silvina Valente, presidente da Associação brasileira de Sexualidade Humana (SASH).


“Os direitos para manter a nossa saúde são fundamentais não só para não quando ficamos doentes, mas também para que aqueles que estão doentes possam recuperar a sua sexualidade. Isso se vê muito em pacientes oncológicos, pacientes com dor crônica e aquelas pessoas sobrecarregadas pela sociedade contemporânea e as pressões a que gera o exitismo”, disse Valente.


“Quando falamos de saúde sexual, continuamos a pensar em como o inerente às doenças ou disfunções, quando na verdade é muito mais amplo: abrange o prazer, o erotismo, o prazer e também o respeito pelos direitos sexuais e escolhas dos outros, sem julgar e sem preconceito”, explica Francesca Gnecchi, diretora de Erotique Pink e palestrante do próximo Congresso Latino americano de Sexologia e Educação Sexual.

Veja também

Cada vez mais homens colocam o corpo: as vasectomías cresceram quase 50% em dois anos


“Por um lado, há que ver o bem-estar sexual como uma parte fundamental do bem-estar geral da pessoa e promover uma ideia positiva da saúde sexual; por outro, há que avançar com o fortalecimento da educação para alcançar efeitos benéficos sobre a forma em que se vive a relação de amor do casal e sobre a consciência do próprio corpo, a saúde e as emoções”, acrescenta Gnecchi.


Informação e prevenção, as chaves para cuidar da saúde sexual


Como medidas preventivas primárias, a educação sexual integral é fundamental e compreende a educação sexual adequada às necessidades dos adolescentes, aconselhamento sobre práticas sexuais mais seguras e redução de risco, promoção do uso de preservativos (já que é um dos métodos de proteção mais eficazes contra as ist’s).


Por sua parte, as infecções bacterianas como clamidiasis, a gonorreia e a sífilis, e parasitária (tricomoníase), têm tratamento e são curável.


No entanto, os medicamentos antivirais para tratar a herpes e HIV podem atenuar a evolução da doença, mas não curá-la; enquanto que os moduladores do sistema imunológico podem retardar os danos no fígado causada pelo vírus da hepatite B.

Veja também

96% dos novos casos de HIV são por não usar preservativo


Neste último caso, e o do Vírus do Papiloma Humano, existem vacinas seguras e eficazes para prevenir o contágio. A vacina contra o HPV está destinada a meninas de 11 anos nascidas a partir do ano 2000, e a homens da mesma idade, nascidos a partir de 2006, com o propósito de diminuir a incidência e mortalidade por câncer cervical (CCU), além de evitar outras lesões.


A vacina da hepatite B faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. A primeira dose é aplicada aos recém-nascidos nas primeiras 12 horas de vida, e, em seguida, é feito um reforço através da vacina quíntupla, com uma primeira dose aos 2 meses, a segunda aos 4 meses e a terceira dose aos 6 meses do menino ou menina. No caso dos adultos que iniciam tardiamente seu esquema de vacinação, aplica-se uma primeira dose, a segunda ao mês e a terceira seis meses da primeira aplicação.

Veja também

Ainda nasce no país um bebê com HIV por semana porque seus pais não sabem que carregam o vírus


Para celebrar esta data, a SASH convida a participar de um encontro sob o lema “Saúde Sexual e Direitos sexuais para o bem-estar”, aberto e gratuito para a comunidade no dia 28 de setembro, às 15, no âmbito do XIX Congresso Latino americano de Sexologia e Educação Sexual da Faculdade de Medicina da Universidade de Buenos Aires.

Dez hábitos para melhorar sua saúde sexual

Um estado de bem-estar físico, emocional, mental e social relacionado com a sexualidade. Assim define a Organização Mundial de Saúde (OMS), a saúde sexual. Para Silvia Fernandes Garcia, psicóloga e diretora da clínica Psytel, saúde sexual é “ter relações saudáveis, respeitando-se mutuamente, a desfrutar do sexo, practicándolo de modo seguro e com proteção e sem fazer nada que não queira”.


Vicente Briet, membro da Federação Espanhola de Sociedades de Sexologia (FESS) e diretor do Centro Vicente Briet, em Alicante, enfatiza a relação entre saúde sexual e mental. “Há doenças mentais que podem causar disfunções sexuais, pelas próprias patologias ou por fármacos com que são tratados. Da mesma forma, as disfunções sexuais podem levar à depressão ou ansiedade“, indica.


Um dos problemas que encontra Santiago Frago, médico e professor do mestrado de Sexologia da Universidade Camilo José Cela, é que o estilo de vida ocidental não facilita a dedicar-se ao amor, ao erotismo, nem para o casal.


Por isso, é importante favorecer esses momentos, além de promover hábitos saudáveis, como dejar o tabaco, ter uma dieta adequada, vida ativa, espaço para lazer, etc.


Os especialistas explicam mais detalhadamente como melhorar a saúde sexual:


1) Fazer exercício com regularidade


Briet afirma que “ao praticar exercício, vamos experimentar uma melhoria emocional e, neste estado de bem-estar e satisfação, certamente vai aumentar a libido. Além disso, o exercício regular melhora a condição física, o que ajuda a desfrutar mais tempo na cama”.


O especialista aposta na natação como um exercício de baixo impacto. “É um esporte que, em mulheres, pode fortalecer o tom do assoalho pélvico, importante para que façam frente a disfunções sexuais, como o vaginismo e a dificuldade para atingir o orgasmo. Em homens, é bom para superar problemas de controle de ejaculação e melhorar as ereções”.


O pilates é benéfico para melhorar a vida sexual, desde que não tenham problemas de assoalho pélvico. “Se você tem, você tem que resolvê-los primeiro, para que estes exercícios não agravem a situação”, observa Briet.


2) Deixar o tabaco


O membro de FESS aponta para pesquisas que avaliam o prejuízo do consumo de tabaco em função erétil. “O tabaco afeta os fluxos sanguíneos do pénis, adiantando o envelhecimento prematuro de suas artérias”, garante.


3) Ter uma dieta equilibrada


“Os homens que baseiam a sua dieta com alto teor de gorduras saturadas apresentam até 38% de diminuição da concentração de espermatozóides na ejaculação, e 41 por cento menos do líquido espermático”, comenta Briet.


4) Não realizar práticas de risco


Uma boa saúde sexual depende de vários fatores. “Entre os mais importantes está o uso de métodos contraceptivos, os quais ajudam a prevenir doenças de transmissão sexual (ITS) e gravidezes não planejadas”, explica o sexólogo de Alicante.


José Luis Casado Santamaria, sexólogo e terapeuta do Centro Sexológico Senso, de Campinas, diz que um exercício negligente da sexualidade a converte em motivo de problemas de saúde, de sofrimento e de desequilíbrio pessoal e social.


Casado lembre-se que:



  • As ITS não distinguem se você é homossexual, mulher, jovem, homem, bissexual, alto, hétero, etc. A todos lhes pode tocar.

  • O único meio que previne das DST é o preservativo.

5) o uso de contraceptivos


Casado recomenda conhecer todos os métodos de contracepção: métodos de barreira (mecânica ou química), métodos hormonais, DIU e métodos cirúrgicos. Adverte de que a marcha-atrás não é um método contraceptivo.


6) Praticar técnicas de autocontrole emocional


O stress pode produzir uma diminuição do desejo sexual, ao reduzir o nível de testosterona no sangue. Nestes casos, “a prática regular da respiração, o relaxamento muscular e o mindfulness ou a meditação podem ajudar a regular as emoções”, salienta Briet.


7) Evitar relações tóxicas


Também no plano emocional, há que evitar as relações tóxicas. “Toda relação de casal deve ser uma relação entre iguais, consentida por ambas as partes, sem pressão, chantagem ou violência“, destaca Casado.


Em uma relação, o prazer, a ternura e o afeto, são compartilhados. Igualmente, há que defender o direito de desvincular-se da outra pessoa. O sexólogo do Centro Sexológico Senso, considera que é a única forma de ser coerente e de aceitar que o ser humano é livre e responsável.


8) Melhorar a informação sexual


“É muito importante estar ao tanto das práticas de risco e os métodos ao nosso alcance para evitar esses riscos. Saber que é uma relação de casal saudável e saber onde recorrer quando surge algum problema”, explica Casado.


Briet se mostra de acordo e adverte que a falta de informação em torno da sexualidade e do nosso corpo afeta a saúde sexual das pessoas. “Há que melhorar o nosso autoconhecimento e a psicoeducación sobre os elementos que favorecem o bem-estar e o crescimento erótico e sexual”.


9) Conhecer


Em relação ao ponto anterior, Casado aconselha “conhecer-nos como seres sexuados, conhecer o nosso corpo, aprender a querer-nos, valorarnos, gustarnos, e saber expressar nossa erótica de modo que sejamos felizes, aceitando todas as nossas peculiaridades”.


10) Comunicar


O especialista de FESS assegura que a maior comunicação com o parceiro, menor risco de mal-entendidos no terreno sexual e maior probabilidade de melhorar a qualidade do encontro erótico. “A comunicação erótica é um potente afrodisíaco e a comunicação relacional e emocional de um neutralizador de possíveis interferências no plano sexual”.


Veja também:


Mulher grávida de costas mesmo homemComo enfrentar uma crise de casal durante a gravidez


Mulher com a mão na testa Por que algumas mulheres não chegam ao orgasmo?


Pés de um casal na camaDicas para fazer sexo anal de forma saudável

3 pontos de acupressão para aliviar a dor de regra

 


Aliviar a dor menstrual com acupressão


Pressionando com os dedos sobre estes três pontos de acupuntura durante um minuto cada um, nos dias anteriores à regra, reduz a intensidade da dor menstrual, o número de dias que dura a dor e o uso de medicação. E pode fazer você mesma em casa, sem necessidade de recorrer a um terapeuta.


Assim, comprovaram cientistas alemães e suíços, que estudaram os efeitos do tratamento sem recorrer ao médico com acupressão em um grupo de 221 mulheres entre 18 e 34 anos de idade ao longo de seis meses. Publicaram seus resultados no American Journal of Obstetrics and Gynecology.


Todas as participantes do estudo foram submetidos dismenorreia, isto é, uma regra dolorosa, que em uma escala de 1 a 10 haviam pontuado com pelo menos um 6. Metade delas seguiu diretrizes de digitopresión em pontos de acupuntura e a outra metade se cingiu aos seus cuidados habituais.


Em ambos os grupos as mulheres usaram um app para visualizar o ciclo menstrual e fazer anotações. As do grupo de acupressão receberam, também, indicações de como tinha que pressionar os pontos e lembretes de quando deveriam fazê-lo através da aplicação móvel.


A Cada dia, começando a contar a partir de cinco dias antes da regra, deveriam pressionar os três pontos de acupuntura,aprovados por vários acupunturistas especialistas da China, Alemanha e Estados Unidos.


Uma dor menos intensa e mais curto de duração


As mulheres que praticaram a acupressão , a melhora foi aumentando de ciclo em ciclo. Após os três primeiros meses de tratamento, marcou sua dor em uma média de 4,4 pontos (de frente para pontuações de 5, no grupo de controlo).


Aos seis meses, a intensidade da dor que ocorre havia diminuído significativamente em relação às mulheres do grupo de controlo, designadamente, em uma média de 1,4 pontos. Quase 60% das mulheres viram reduzida a sua dor pela metade.


A média de dias com dor foi de 1,1 em mulheres que utilizaram acupressão e de 1,5 em que se limitaram a cuidados habituais.


Menos necessidade de medicamentos


Entre as mulheres do grupo de acupressão observou-se também um menor uso de medicação, que, além disso, diminuiu ligeiramente ao cabo de seis meses, coisa que não ocorreu no grupo controle.


Regras sem dor


Isto é especialmente importante se tivermos em conta que 9 de cada 10 mulheres experimentam dor, em alguma ocasião, durante a menstruação e que muitas recorrem a analgésicos e anti-inflamatórios que não está livre de efeitos colaterais.


Como aplicar a pressão em todos os três pontos de acupuntura


Você deve começar 5 dias antes da data da regra prevista e procurar um lugar onde você possa sentar-se confortavelmente.


Quando e com que freqüência fazê-lo


Nos dias que antecederam o período, realiza a acupressão duas vezes ao dia. Os dias que não te seja possível fazê-lo duas vezes, faça isso pelo menos uma.


Durante os dias dolorosos da regra, tenta fazê-lo pelo menos duas vezes.


Se desejar, você pode aplicar a acupressão até cinco vezes ao dia.


Você pode ajudar incluir um logotipo da sua um lembrete no celular –em um calendário ou em alguma das muitas aplicações que existem para controlar o ciclo menstrual– para que avise nos dias em que realizará a digitopresión.


Como localizar os três pontos


Veja as ilustrações e descrições de cada foto. Você vai notar que você está sobre o ponto correto, pois estará mais sensível do que a área ao redor.


Como exercer a pressão


Quando tiver localizado o ponto, massagear a área com o polegar, com movimentos circulares. Não esfregue para frente e para trás.


Deve fazê-lo, além disso, com uma pressão moderada, nem muito forte nem muito fraco, sem prejudicá-lo.


Concentre-se nos pontos enquanto você está massageando e faça isso em ambos os lados do corpo. Primeiro à direita e depois na esquerda, e vice-versa.


A massagem ou pressão deve durar cerca de um minuto sobre cada ponto.

5 maneiras de cozinhar batata-doce ao pequeno-almoço

As batatas-doces, batatas ou batatas doces são alguns vegetais muito curiosos. O que comemos é a raiz, que pode ser de diferentes cores (branco, amarelo, laranja, roxo…), mas que em geral é muito doce. Normalmente associamos as verduras e hortaliças com sabores salgados… até que chegamos aos batatas-doces.


São muito mais doces que as cenouras e mais cremosos que as batatas. Pode ser tomado com temperos doces ou salgados. Pode assar, ferver, fritar, cozer, em seu suco… E se conserva como as batatas, até meses em um lugar fresco, seco, bem ventilado e longe da luz do sol.


Torrada de batata


Um dos usos mais criativos para a batata-doce é um que não tem a batata: como brinde.


Basta cortá-lo em fatias grandes (como se fosse pão de forma) e finas, o põe em uma torradeira até que doure e já tem uma base doce e original para os seus pequenos-almoços.


Ensopado de lentilha com batata-doce


Em pratos salgados você pode usar como as cenouras e as batatas, tendo em conta que o doce tende a se livrar mais do que estas e ficar muito mais cremosas. Assim, podemos incorporar batata-doce para sopas, caldos, cremes, ensopados e potajes.


Você só tem que limpá-lo bem, pelarlo com um descascador de legumes, corte-os em pedaços do mesmo tamanho que o restante dos ingredientes e adicionar.


Uma das melhores formas de melhorar o seu sabor é dorando primeiro os pedaços, seja com óleo na mesma panela antes de adicionar o restante dos ingredientes, a prensa para além, ou asándolo ao forno.


Delicioso


Ingredientes



  • 2 xícaras de lentilhas (deixadas de molho pelo menos 6 horas)

  • 2 batatas-doces médias

  • 1 batata

  • 2 folhas de louro

  • 1 colher de sopa de azeite de oliva

  • 1 tomate pêra madura

  • 2 colheres de sopa de molho de soja

  • 1 colher de orégano

  • ½ Cebola

  • 1 dente de alho

Preparação



  1. Descasca e pica-se a cebola e o dente de alho.

  2. Coloque o óleo na panela expresso em fogo médio-alto e pocha o alho e a cebola.

  3. Lave as batatas-doces, pélalos e curta um em pedaços bem pequenos. Adicione-o ao refogado.

  4. Pique o tomate e adicione-o também, e mexa bem.

  5. Lave e descasque a batata e o outro batata-doce e córtalos em pedaços médios-grandes. Adicione-os ao refogado.

  6. Adicione o louro e o orégano e misture-o.

  7. Escorre as lentilhas e adicione-as também.

  8. Adicione o molho de soja, misture-o, adicione 4 xícaras de água e feche a panela. Coloque em lume forte e quando começar a ferver baixe para fogo médio-baixo.

  9. Deixe que cozinhe tudo junto 12-14 minutos. Desligue o fogo e deixe-a têmpera para abrir a panela.

  10. Experimente-o, corrija de sal e barrar, fruta, etc.

Batatas fritas no forno


Como a batata-doce pode ser feito da mesma forma que as batatas, é claro que podemos cortá-lo e freírlo ou fazê-lo ao forno, como as batatas fritas.


Para que fiquem crocantes córtalas finas, deixe de molho com água fria, escúrrelas muito bem e sécalas com papel de cozinha antes de fazê-los.


Assar em forno


Ingredientes



  • 3 a 4 batatas-doces médias-grandes

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva

  • 2 colheres de chá de amido de milho (maisena), de batata, de tapioca ou farinha de arroz

  • Sal e pimenta do reino a gosto

Preparação



  1. Lave as batatas-doces, pélalos, córtalos para fazer french fries e deixe-os de molho em água fria durante meia hora.

  2. Pré-aquece o forno a 200ºC.

  3. Escorre bem as batatas-doces, lávalos e ponha-os em um rodo com papel de cozinha absorvente.

  4. Ponha-os em uma bolsa com o amido e agítalo bem para que se impregnen todos os pedaços ligeiramente.

  5. Coloque papel para assar em uma assadeira, espalhe todos os pedaços, para que não fiquem amontoados, e rocíalo com o azeite de oliva (muito melhor se você usar um vaporizador).

  6. Hornéalo a 200ºC durante cerca de 30 minutos, até ver que é doran. Desligue o forno e deixe mais 5 minutos dentro.

  7. Sácalas para uma travessa e polvilhe com sal e pimenta.

Cozinha de outono


Batata-doce no vapor recheado


As batatas-doces podem ser preenchidos, como as batatas, berinjela ou abobrinha. Você pode usar qualquer receita de estes vegetais recheadas mudando a base de batata-doce.


Se preferir, pode fazer o primeiro a batata-doce no vapor e depois acrescentar o recheio.


Uma das coisas boas de batatas-doces recheados é que se fazem rapidamente e cada um é um prato, o que é fácil de pegar sua caixa de plástico para o trabalho com apenas um batata-doce assada e um bom recheio.


Ingredientes



  • 2 batatas-doces médias-grandes

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva

  • ½ Alho-poró

  • ½ Cebola

  • ½ Abobrinha pequena

  • 3 cogumelos

  • ¼ De colher de chá de alho em pó

  • ¼ De colher de chá de orégano

  • Pitada de sal

  • Creme de soja para cozinhar (opcional)

Preparação



  1. Lava muito bem as batatas-doces e faze-os tal qual, inteiros e sem casca no vapor, em fogo médio-alto por cerca de 15 minutos, até que fiquem bem tenros (confira pinchándolos com um palito).

  2. Pique fino o alho-poró, a cebola, a abobrinha e os cogumelos e dóralos em uma frigideira com o azeite e as especiarias, salteándolo de vez em quando, até dourar.

  3. Abra as batatas-doces, com uma colher remove parte da carne (que você pode misturar com o recheio) e rellénalos com os legumes que fizemos antes. Termina o prato com um pouco de creme de soja para cozinhar e uma pitada de sal.

Frosting de batata-doce


Com batatas-doces também se podem fazer vários tipos de doces: puddings ou creme, bolos, biscoitos, bolachas, bolinhos, etc.


A batata-doce tem de estar previamente cozido ou assado e traz cor, estrutura, doçura e sabor. É muito untuoso, assim, que também serve como frosting.


Ingredientes



  • 1 batata-doce cozida, a vapor ou assado

  • 1 lata de leite de coco

  • Pitada de canela (a gosto)

Preparação



  1. Para fazer o chantili de coco deixa a lata de leite de coco aberta na geladeira desde a noite anterior. Saca só os sólidos para uma tigela e móntalos como se fosse nata de montar normal e corrente.

  2. A batata-doce tem que estar bem frio. Pélalo, esmaga muito bem toda a carne, e toca-se pouco a pouco o creme de coco e, sem parar de bater. Adicione uma pitada de canela, baunilha ou outro sabor que você gosta. Deixe na geladeira até que o utilize.

Com este frosting você pode decorar qualquer pão-de-ló, bolo, cupcake, etc. que quiser, mas vai muito bem com frutas cítricas (laranja, limão, etc.).

5 saladas saudáveis e divertidas que não se cansar

É importante na nossa cozinha não limitar as saladas a simples folhas verdes ou a clássica salada mista. Hoje temos a nossa disposição uma imensa variedade de vegetais terrestres e marinhos e, além disso, temos a informação necessária para poder trabalhá-los corretamente e tirar o máximo partido em nossos pratos.


Não devemos limitar as saladas a uma única textura, pois podemos servir saladaslíquidas, como um gaspacho.


De fato, a criação de uma salada depende de três grupos de alimentos e de quatro elementos indispensáveis no tempero. Vamos começar com os alimentos:


Vegetais crus



  • Entre as alfaces: folha de carvalho, trocadero, lollo vermelho, chicória, endibias…

  • Folhas verdes: espinafre, rúcula, agrião, cônegos…

  • Frutas da época: pêra, maçã, laranja, morango, tomate…

  • Ervas frescas: coentro, salsa, cerefólio, manjericão…

  • Hortaliças cruas: erva-doce, cenoura, rabanitos…

  • Fermentos e picles: chucrute, kimchi, azeitonas, picles…

  • Algas: nori, alface-do-mar, espaguete mar…

Vegetais cozidos e refrigerado



  • Vegetais verdes escaldadas durante dois minutos: brócolis, tirabeques, judaica verde, col…

  • Legumes cozidos: beterraba assada, abóbora cozida, couve-flor no vapor, cogumelos refogados, cenoura, sal, tomate semi-secos…

Sementes e germinados



  • Todo o tipo de sementes de: abóbora, girassol, gergelim, amêndoas… e sementes germinadas de qualquer vegetal.

  • Carboidratos cozidos e arrefecidos: arroz integral, quinoa, milho, sorgo…

  • Proteínas vegetais: legumes cozidos e frios, ou purês de legumes, como o humus.

Com energia


Um bom tempero


Em toda a salada, a chave é o tempero, e neste caso, a chave é o correto equilíbrio desses quatro elementos principais: salgado, ácido, doce e gordura.



  • A gordura: é o condutor do sabor. Normalmente, usamos óleo de oliva de primeira pressão a frio, mas podemos também usar um creme de tubulações ou uma maionese leve.

  • Sal: potência o sabor, mas não devemos permanecer com a usá-la sempre (quer seja a marina, rosa, preto…). Também podemos potenciarlo com temperos salgados, como o missô, o molho de soja ou o umeboshi, ou até mesmo com algas marinhas, de alto teor em iodo, em vez de sódio.

  • Azia: a contribuição ácido refresca, limpa a boca e nos dá alguns contrapontos que dinamizem os sabores. Falamos dos diferentes vinagres, mas também dos citrinos (limão, limão, kumquat, tangerina… ), tanto o suco, como sua pele.

  • O doce: um ponto de doce em uma vinagrete leva a experiência a outro nível, superior. Acho que o mais correto é usar as melaços de arroz, milho e maple muito baixas contribuições, mas também pode funcionar com qualquer suco ou purê de frutas.

O molho dá-lhe o toque final, por isso é importante cuidar dos detalhes. Devemos unificar bem todos os ingredientes para criar um molho homogêneo e sem cortes. Assim, os sabores se homogeneizan.


Ainda assim, muitas pessoas estão usando o Womax juntamente com hábitos saudáveis, fazendo ter uma perda de peso mais rápida.


Saudável e saboroso


Para isso recomendo usar varas de mão e adicionar um par de gotas de água mineral, o que ajudará a soltar um pouco o molho, se necessário.


Não aliñes até o momento em que você vá comer a salada. Deixa o restante sem tempere, já que a ação desses meios graxos, ácidos e salgados cozinhar os alimentos, deixando-os inúteis, em minutos.

3 posições de poder para ganhar segurança

A postura é a estratégia que emprega nosso sistema neuromuscular e esquelético para estar em equilíbrio, reagindo contra a força da gravidade. Mas descobriu-se que a postura que adotamos tem influência sobre nossas emoções.

George Lakoff, da Universidade de Berkeley (estados unidos). UU.), é um dos principais defensores da teoria da interconexão entre mente e corpo. Em estudos posteriores, os cientistas confirmaram essa teoria, que explica a influência do corpo sobre a racionalidade.

Em sintonia

Estudos como os do professor Erik Peper, da Universidade de San Francisco (EUA). UU.) demonstram que, em uma posição ereta, nos é mais fácil escolher nossos traços pessoais mais positivos. Em troca, se estamos enviesada nos vêm à mente idéias negativas.

Uma má postura contribui para estar baixos de energia e, até mesmo, tristes e deprimidos.

1. Para o autoconhecimento

Adota os gestos associados a um estado de confiança, poder e realização: corpo ereto, cabeça para a frente, os braços para a frente ou apoiados nos quadris… Depois de dois minutos, volte à posição que tinha. Você achou difícil manter essa pose?

Agora derrúmbate, deixe-se cair, cabeça, braços pendurados durante dois minutos. Você achou difícil manter essa pose?

Quando você se sente triste, você já tem os ombros arredondados para a frente e o pescoço e a cabeça inclinados? É a postura de quando estamos tristes. E esta postura chama também à depressão.

Dá pequenos choques, com os braços, pernas, cabeça e todo o corpo. Faça isso depois de uma situação tensa, quando sentir que você está encorvando.

2. Postura para estar bem aqui e agora

  • Levante-se e sente a sua respiração um par de ciclos; leva a atenção para a parte inferior de seu abdômen, para não forçar, observa o que está acontecendo.
  • Sente diferentes partes do corpo e suéltalas.
  • Abre as mãos e ciérralas um par de vezes.
  • Desbloqueia os joelhos.
  • Solte a sua mandíbula.
  • Não se concentre em nenhum objeto.
  • Respira de novo, agora com maior profundidade.
  • Sente o apoio dos pés, e como a sua impressão digital é cada vez maior.
  • Concentre-se em seu peito: veja como expandir em todas as direções, como uma estrela, sem empurrar seu peito para cima, para baixo, para os lados…
  • Alonga o pescoço e imagine que alguém esticar levemente o seu cabelo para cima.
  • Você sente o seu sacro, seus pés, suas mãos, sua mandíbula. Desfrute.
  • Regressa a sua respiração.

3. A melhor maneira de sentar-se

Uma posição de poder sem um bom sutiã pode fazer crer ao nosso interlocutor que estamos tensos ou até mesmo mostrar agressividade.

Começa por corrigir sua postura ao sentar-se.

Riscos do sedentarismo

  • Suporta bem os pés no chão, com uma certa ativação das pernas.
  • Sente-se ligeiramente à frente dos ossos isquiones (os que entram em contato com a cadeira), não sobre eles. Os isquiones se sustentam.
  • Sente que sua respiração se expande e se abre teu peito.
  • Podes pôr-te diante de um espelho para verificar como você se sente e se você olhar melhor.

São detalhes simples, mas muitas mulheres adotam uma postura encurvada e escondem o peito, o que gera insegurança e pode levar, por exemplo, a colocar sapatos altos para compensar e tornar-se mais visíveis, com o que põem em causa ainda mais o seu poder.

8 coisas que você deve saber de seu parceiro antes de ir em sério

Garota conhece garoto, se apaixona e de forma inconsciente, imagina os nomes de seus futuros filhos com o sobrenome dele você Se reconhece? É a prova de que se você pegou. Falarei aqui tambem sobre o Estimulante Sexual Libid Gel.


E é que, quando estamos apaixonados, nós imaginamos que esse formigamento vos vai durar toda a vida…mas o reparaste esses pequenos detalhes que dizem muito sobre ele?


Antes de ir em sério com alguém, pergunte a si mesmo estas 8 coisas para saber se você (de verdade) é o amor da sua vida


8 coisas que você deve saber de seu parceiro antes de assumir (Tomaria Libid Gel) ?


Saiba mais sobre acessando o seguinte site: http://arwenstore.com.br/libid-gel/


1. O nidito de amor


Talvez você imagina vivendo em um loft em uma grande cidade ou cobertura brilhante no meio da confusão…mas e se a sua cara, vai mais a campo ou formar uma família no outro lado do mundo? Será melhor saber quais são as suas fronteiras, se voce aceitaria, por exemplo, tomar Libid Gel? ! Não evite a conversa por muito distante que o vejas.


2. Você é religioso?


É claro que em pleno século XXI, a religião não tem que ser uma fronteira para o amor. Mas você tem que saber se os vossos pontos de vista sobre a religião, são compatíveis…ou não. Por exemplo: você já se perguntou o que crenças querer ensinar aos vossos filhos?


3. Você sonha em ser pai?


E já não apenas se você sonha em ter bebês revolotenado pela casa…também terá que saber qual é o seu ideal na hora de criá-los. Entra no cerne da questão! Levanta temas como a educação, pública ou privada, Certifique-se de que você está no mesmo computador!


4. Seu chico e os números


Já não basta se as dívidas-lo…mas, como ele está enfrentando. É importante antes de abrir uma conta conjunta, o que os números vermelhos ajudar a não ser pego de surpresa!


5. A relação com a sua mãe


Você continua sendo a queridinha da mamãe? Pense em como você se comporta com a sua mãe, porque isso diz muito de suas experiências mais fundamentais. Mas uma atitude distante não é motivo suficiente para tirar o cartão vermelho! Os especialistas dizem que, às vezes, uma distância saudável é compreensível


6. Como trata os garçons?


E os taxistas? E os motoristas de ônibus ou os botões? Há que observar como se comportam com aquelas pessoas que trabalham no setor de serviços…pois diante de qualquer problema ou contratempo, é aí quando sai o seu eu verdadeiro.


7. Quanto sexo, gosta de praticar?


Não é só praticá-lo, também é uma questão de falar! É bom saber com que frequência é que gosta de praticar sexo e ter claro quais são as preferências de cada um na cama. O que não percam o desejo ou a vontade de nenhum dos dois!


8. Está disposto a encrementar a relação com estimulantes sexuais? (Libid Gel)


Uma coisa que voce tem que levar em conta é se o seu parceiro(a) estaria disposto a aumentar o prazer e a quantidade de orgasmos! (Isso nao é maravilhoso?)rss

Por isso, neste ultimo paragrafo do artigo, recomendamos a você o poderoso e fantastico Afrodisiaco Natural, a base de Maca Peruana.

O Libid Gel!